Qual o papel do planejamento de conteúdo?

 

Você provavelmente já conhece o Content Hackers por meio do nosso grupo no Facebook, eventos que organizamos ou até pelo conteúdo que já publicamos aqui no blog. A partir de hoje, nós vamos produzir vídeos com dicas e insights para contribuir com a sua estratégia, seja você produtor de conteúdo ou responsável pela gestão e planejamento de conteúdo. E para inaugurar esse novo formato, vamos falar sobre planejamento de conteúdo. Vamos lá?

 

Conhecendo o planejamento de conteúdo

Um planejamento estratégico de marketing tem um papel fundamental em um negócio digital, mas neste conteúdos vamos focar no que sabemos melhor: planejamento de marketing de conteúdo. Antes de começar, é bom deixar clara a diferença entre estes dois conceitos.

O marketing de conteúdo faz parte do marketing digital. Em resumo, é uma estratégia focada em geração de demanda para o marketing digital, trazendo tráfego e oportunidades para o time comercial. Mas, mesmo fazendo parte de um conceito maior, o marketing de conteúdo também agrega diversos outros conceitos que são importantes para o cotidiano do profissional de conteúdo. Um desses conceitos é o planejamento de conteúdo.

 

Planejamento de conteúdo: para gestores e produtores

Hoje, é impensável para o profissional qualificado pensar em campanhas de marketing digital sem antes passar pela etapa de planejamento. Infelizmente, esta palavra assusta porque geralmente está vinculada a algo massivo, chato e demorado. Por muito tempo, imaginava-se que o planejamento de conteúdo era relevante apenas para os gestores. Já o redator e produtor não se envolvia no que acontecia “nos bastidores”, se limitando a criar e distribuir os materiais sem contribuir para o lado estratégico.

De um lado, temos o gestor, responsável por definir as ações estratégicas de conteúdo, mapeamento de demandas e construção de personas. Do outro, o profissional de produção, que efetiva o plano delineado pelo gestor de conteúdo. A mudança de paradigma surge quando o produtor tem noção do papel de seu trabalho na execução estratégica e usar isso na tomada de decisão no momento da produção.

O planejamento de conteúdo é um norte. É um modo de não deixar as ações soltas e desestruturadas. Por meio dele é possível traçar as ações que vão levar aos objetivos delineados, descobrir em que momento sua estratégia de conteúdo se encontra e onde se pretende chegar.

 

Do planejamento de conteúdo à execução da estratégia

Em teoria, o conceito de planejamento de conteúdo é muito bonito e ótimo para garantir previsibilidade à estratégia de conteúdo, mas não é o tipo de documento que deve ser preenchido uma única vez e então ser armazenado para não ser revisto nunca mais. É algo que precisa ser transformado em ação. Quando a equipe responsável pelo conteúdo toma decisões de modo “aleatório”, sem seguir um cronograma ou planejamento estabelecido, fica mais difícil mensurar o quanto elas contribuíram para alcançar o objetivo traçado. Mesmo que as ações individuais deem resultados, seja em tráfego ou leads, sem documentação ou plano vai ser complicado tentar replicá-las.

Uma equipe que traça um planejamento de conteúdo tem noção de quantos conteúdos serão publicados, lançados e divulgados, e também sabe o quanto estes conteúdos influenciarão nos KPIs de marketing digital. Quando une-se uma estratégia de content hacking para, por exemplo, descobrir a demanda de uma determinada palavra-chave nos motores de busca e priorizar a produção de conteúdo que ajude a responder essa demanda, o planejamento traz valor às duas partes – gestão e produção.

O gestor pensa na estratégia e nas métricas, enquanto o profissional de conteúdo pensa em como o cronograma será seguido e quais materiais se encaixam para entregar os resultados desejados, alinhados aos objetivos e a buyer persona. Este é o maior valor do planejamento de conteúdo: oferecer uma visão do que vai acontecer e o que pode ser alcançado, gerando insights valiosos para criar uma estratégia digital cada vez melhor.

 

Como dar o primeiro passo no planejamento?

Quando falamos em planejamento, até podemos pensar em algo engessado, que exige muito tempo e esforço. Mesmo se você fizer parte de uma equipe enxuta, o planejamento de conteúdo já pode guiar suas próximas ações. A principal pergunta que deve ser respondida é:

 

O que é o mínimo necessário para alcançar os objetivos que planejei?

Não é necessário pensar em um cronograma de meses ou semestres de uma vez só. Em uma tarde já é possível pensar nos planos de conteúdo para sua estratégia digital. Eu já trabalhei no mercado publicitário, onde a palavra “planejamento” tem um peso gigantesco e muitas vezes envolvia planos trimestrais ou semestrais.

Para não “congelar” na hora de pensar no planejamento, tente reservar um dia para colocar suas ideias no papel. Pense nos assuntos que são relevantes para sua buyer persona, em quais canais seu conteúdo será distribuído e quais KPIs você precisa alcançar. Depois do levantamento de produção, coloque isso dentro de um cronograma, começando por uma semana, depois para uma quinzena, até finalizar o mês.

No mundo digital, que muda muito rápido, é possível criar um planejamento de conteúdo relativamente curto. Seja para criar uma demanda ou aproveitar uma demanda já existente no mercado, um plano bimensal já consegue dar uma ampla visão das ações que vão levar seu negócio digital ao resultado esperado. Como você pode imaginar, o planejamento de conteúdo também é influenciado pelos objetivos que serão alcançados e a quantidade de conteúdo que você vai precisar produzir. Mas isso é um ótimo assunto para outro vídeo! 🙂

 


 

O planejamento de conteúdo é um dos meios de comunicação entre a gestão e a produção do conteúdo, que precisa acontecer da melhor forma possível. Para quem quer saber mais como é a estrutura de um planejamento, também temos outro conteúdo completo que fala dos fatores que precisam ser considerados na hora de criar uma estratégia de conteúdo para startups e negócios digitais.

Além disso, nossa equipe produziu um modelo de briefing de alta performance para ajudar a traduzir a estratégica em meios de execução. É uma material muito recomendado para quem quer garantir que cada conteúdo saia perfeitamente alinhado com os objetivos de marketing. Acesse agora!

 

[Modelo]

Briefing de Conteúdo de Alta Performance