Quem é quem no seu site? Aprenda a usar segmentos de público no Analytics

Você administra um blog e já recebe um número considerável de visitantes diários. São diferentes fontes de tráfego para acompanhar e cada uma delas traz pessoas que se comportam de maneiras diferentes.

Algumas delas são relevantes para sua estratégia de conteúdo. Outras, não.

Para obter essas informações, você tem que aplicar diversos filtros em diferentes páginas do Google Analytics toda vez que for extrair um relatório.

É um trabalho pesado, mas ter controle total dos relatórios de tráfego do seu site é o que diferencia uma estratégia focada em resultados de ações feitas às cegas e com baixo potencial de sucesso.

Sabendo disso, este artigo vai ajudar você a entender como segmentos de público-alvo personalizados do Google Analytics são peças fundamentais para acelerar a tomada de decisão da sua estratégia de marketing de conteúdo.

O que são segmentos de público-alvo?

Segmentos de público-alvo é um recurso do Google Analytics que permite ao profissional definir critérios demográficos e/ou de comportamento que caracterizam um tipo de audiência. Depois de criado, os segmentos de público-alvo ficam disponíveis em vários relatórios do sistema para que seja facilmente usado no dia a dia do marketing.

É possível, por exemplo, criar um público personalizado para agrupar os leitores que completaram uma meta de se cadastrar para receber um material rico. Quem define o critério é você!

Assim, em vez de editar manualmente os filtros toda vez que precisar extrair um relatório com estes perfis de público, basta selecioná-lo que o relatório se adequará para exibir métricas de aquisição, engajamento e conversão do segmento de público escolhido. Simples, não?

Para que servem os públicos personalizados?

O recurso possibilita segmentar grupos de usuários que são relevantes para o time de marketing usando diferentes critérios. Assim que um público personalizado é aplicado a um relatório, as métricas gerais são filtradas e exibem quais foram os resultados gerados pelo público especificado.

Isso é importante uma vez que os relatórios padrão do Google Analytics exibem as métricas gerais e absolutas dentro do período selecionado. Ou seja: nem sempre elas são indicadores claros da sua performance. Já com uma visão segmentada e alinhada à sua estratégia, você tem mais precisão nos resultados extraídos da ferramenta.

Casos de uso de segmentos de público-alvo no Google Analytics

Como o recurso permite criar segmentos personalizados a partir de qualquer critério registrado no sistema, ele pode ser aplicado em diferentes situações e necessidades.

Se você já tem uma ideia geral do perfil dos potenciais clientes que acessam seu conteúdo, tenho certeza que você já pode usar essas informações para enriquecer seus relatórios de tráfego. Veja abaixo alguns exemplos:

Quem realiza ao menos uma conversão no seu website

Ao criar um segmento de pessoas que completaram uma meta de conversão, é mais fácil identificar qual o padrão de navegação e comportamento de quem se torna um lead por meio do seu conteúdo.

Quem chega até seu website a partir de uma fonte específica

Precisa ter um relatório fácil dos leitores que vêm de um portal, canal social ou outro local? Um público personalizado pode ajudar você a entender o que eles fazem assim que chegam no seu site.

Quem navega em três ou mais páginas de artigos no blog

Para identificar os leitores mais fiéis e prolíficos do seu blog, você pode criar um grupo de usuários que acessam um grande número de páginas em uma só sessão;

Quem clica em botões de compartilhamento social

onteúdo bom merece ser compartilhado. Se você rastreia os cliques feitos em botões sociais, basta adicionar esses usuários em um segmento de público personalizado para descobrir de onde vêm os leitores que passam seu conteúdo adiante.

Passo a passo: como criar um segmento de público personalizado

Acesse qualquer relatório de visão geral do módulo Público-Alvo, Aquisição ou Engajamento usando a barra lateral esquerda do Google Analytics:

Criando segmentos de público personalizados: Google Analytics → Público-alvo → Visão geral

No relatório padrão, clique no botão [+ Adicionar Segmento], localizado no topo da tela:

Depois do clique, novas opções ficarão disponíveis logo abaixo. Para começar a criar seu próprio segmento de público personalizado, clique no botão [+ Novo Segmento]:

Use o campo “Nome do Segmento” para definir como ele será chamado na listagem de segmentos de público personalizados e clique no botão [Salvar]:

Use a barra lateral esquerda para escolher os critérios de segmentação do seu público. No exemplo da imagem abaixo, escolhemos a condição especial de usuários que tiveram mais de duas visualizações de páginas únicas por sessão:

Perceba que, ao adicionar um novo critério, há um pequeno resumo à direita da tela que informa quantos usuários se encaixam no critério estabelecido. Isso ajuda a ter uma prévia do público personalizado que poderá ser explorado nos relatórios:

Depois de clicar em Salvar, o público será aplicado ao relatório original onde você estava e já será possível ter as métricas de aquisição, engajamento e conversão segmentadas por público personalizado!

Para adicionar seu recém-criado segmento de público personalizado, basta clicar no botão Todos os Usuários situado no topo do relatório desejado. Seu público estará disponível na lista de segmentos com o nome informado nos primeiros passos da criação:

Pronto! Agora, em vez de exibir apenas métricas gerais, você poderá extrair muito mais insights seus relatórios de tráfego:

Tenho certeza de que usar segmentos de público personalizados vai ajudar você a entender melhor o comportamento do seu visitante e descobrir oportunidades para melhorar sua estratégia de marketing de conteúdo.

Mais conteúdo para você

Seja parte do futuro do marketing de conteúdo.

Receba novidades e lotes exclusivos dos nossos workshops e cursos: